Quarta-feira, 13 de Setembro de 2006

Onde pára o feminismo?

Porque razão foi a Eva e não o Adão a cometer o pecado original?
 
Porque são todos homens, os evangelhos?
 
Porque razões condenaram milhares de mulheres à fogueira?
 
Porque razão, na antiga Grécia, só os homens poderiam exercer cargos importantes?
 
Porque razão no Império Romano a legislação garantia ao homem, poder absoluto sobre a mulher, filhos e escravos?
 
E haveriam muitas mais perguntas por responder…
 
E agora? Onde pára o feminismo?
 
Depois das sufragistas e da revolução sexual, estaremos a viver numa utopia de igualdade? Ou seremos agora complacentes numa guerra de sexos muito mais subtil?
 
Se ser feminista é uma luta pela igualdade e o equilíbrio entre os sexos, então eu sou feminista! Eu não odeio o homem, se o odiasse não planeava casar, apenas gostava que houvesse uma razão plausível pelas diferenças de direitos e pela desequilibrada harmonia entre os sexos.
A mulher já conseguiu alguma igualdade mas não a suficiente para não se falar mais em feminismo.
Não acredito que os homens sejam todos iguais, acredito que existem uns mais machistas que outros.
A inferioridade que nós sentimos com as gerações tem vindo a diminuir mas ainda não desapareceu e é por essa razão que a mulher ainda luta!
Porque razão a mulher tem mais responsabilidade na educação dos filhos do que o homem?
Porque é que milhares de mulheres sofrem de assédio sexual?
Porque é que as mulheres ficam em desvantagem quanto aos salários?
Muitas mulheres dizem que agora as coisas estão bem porque a pílula, o aborto e a possibilidade de uma licenciatura em direito estão disponíveis…
 
Bem, agora deixo ao vosso encargo uma pequena continuação do texto! : D
 
Obrigada, afonsinetes
 
 
 
 
 
 
 
Todos os homens nascem do ventre da mulher.
 
 
publicado por Afonsinetes às 18:29
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

=
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

=

=

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

=

=< Consider me a satelite fo...

=< Libera-me

=< Hoje...

=< Complicações derivadas da...

=< Plenitude

=< Purgatório de passagem

=< A minha estrela

=< "Qualquer coisa, porque à...

=< Momentos, tempo e outras ...

=< "Duas Cabeças Pensam Melh...

=

=< Maio 2008

=< Fevereiro 2008

=< Janeiro 2008

=< Novembro 2007

=< Outubro 2007

=< Setembro 2007

=< Agosto 2007

=< Julho 2007

=< Junho 2007

=< Maio 2007

=< Abril 2007

=< Março 2007

=< Fevereiro 2007

=< Janeiro 2007

=< Dezembro 2006

=< Outubro 2006

=< Setembro 2006

=< Agosto 2006

=< Julho 2006

=< Junho 2006

=

=< todas as tags

=

=

=< participe neste blog

Visitas:

blogs SAPO

=