Segunda-feira, 26 de Março de 2007

Apetecia-me dormir num sono profundo...

Sinto um aperto no coração, e consigo ainda sentir o impulso que os nervos dão ao meu olhar para este ficar imundo de lágrimas…
Sinto-a uma a uma caindo pela minha face, libertando dor e sofrimento e sossegando a alma…
Cada uma tem uma dor diferente, pois cada uma leva uma memória nova consigo, cada uma tem o seu brilho, a sua forma…e sempre há aquelas que desaparecem mais depressa que outras e consequentemente aquelas que perduram até ao queixo, frias, amaciando a pele com o seu toque suave e redundante como se pedisse aos meus poros para libertarem a aflição quente e duradoura daquele sofrimento…
Passo algumas noites, antes de me deitar, assim…nem sempre choro, mas penso o quão vazia me sinto e principalmente o quão só estou…
É verdade que não estou totalmente só, mas àqueles que se preocupam com o meu estado explico com paciência que o meu ser sente falta de algo único que alguém é incapaz de substituir e o problema é que esse único preenchia muito mais de mim que eu alguma vez pude imaginar.
Sinto-me triste, sinto que a minha alegria radiante dependia apenas daquele pedaço que me falta…é verdade que continuo com as minhas piadas diárias, com os meus sorrisos de rotina, que aparentemente não pareço padecer desta triste realidade…
E como ele diz, todas as pessoas são únicas e insubstituíveis logo por mais que eu tente arranjar alguém que consiga ocupar o espaço é utopicamente utópico!
Tenho feito amizades feitas de amizade e cheias dela, amizades insubstituíveis que vão sendo alimentadas dia-a-dia, construídas com carinho mútuo, que se algum dia me faltassem seria o fim da felicidade que me envolvia antigamente!
Foram muitos anos, convivendo com uma pessoa, partilhávamos as mesmas alegrias, as mesmas tristezas, dores, vivências, histórias, amizade e a mesma vida…e a separação só podia ser o fim desta felicidade contínua…
Agora entendo o quão importante e vital era, mas que faço eu agora? Continuo chorando lágrimas de saudade o dia todo…os meus olhos começam a ficar cansados, a minha mente, o meu coração, a minha paciência…tudo em mim esta desgastado, apetecia-me dormir num sono profundo e acordar já na próxima fase!
publicado por Afonsinetes às 22:26
link | favorito
Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

=
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

=

=

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

=

=< Consider me a satelite fo...

=< Libera-me

=< Hoje...

=< Complicações derivadas da...

=< Plenitude

=< Purgatório de passagem

=< A minha estrela

=< "Qualquer coisa, porque à...

=< Momentos, tempo e outras ...

=< "Duas Cabeças Pensam Melh...

=

=< Maio 2008

=< Fevereiro 2008

=< Janeiro 2008

=< Novembro 2007

=< Outubro 2007

=< Setembro 2007

=< Agosto 2007

=< Julho 2007

=< Junho 2007

=< Maio 2007

=< Abril 2007

=< Março 2007

=< Fevereiro 2007

=< Janeiro 2007

=< Dezembro 2006

=< Outubro 2006

=< Setembro 2006

=< Agosto 2006

=< Julho 2006

=< Junho 2006

=

=< todas as tags

=

=

=< participe neste blog

blogs SAPO

=