Quinta-feira, 25 de Outubro de 2007

A minha estrela

A minha estrela

 

         Eu tenho uma estrela, pequena, mas brilhante; pequena, mas está a crescer e vai ser muito, muito grande. Tão grande que um dia o Sol não vai ser nada perto do seu esplendor e beleza, inteligência e imaginação, e todas as suas características que lhe dão um toque especial.

         A minha estrela tem ar de menina encantada quando descobre as coisas lindas do Mundo, tem ar de menina a chorar quando descobre que as cores que nos parecem ser vivas, também perdem a cor. Possui um brilho de excitação, curioso nos olhos como os pequeninos que saem do baloiço a correr para ver a formiga caminhar pela parede.

         A minha estrela é clara e luminosa, como um malmequer branco, em que cada pétala brilha junto com o reflexo das pequenas gotinhas de água que enfeitam toda ela, quando a luz sofre metamorfose.

É uma flor frágil, inteligentíssima e que, ao mesmo tempo, nada sabe, é inocente e sincera, tem um sorriso de bebé embalado no berço e voz de música de conto de fadas. Tem um encanto enorme e, talvez, seja por isso que vive dentro de uma estufa bem protegida onde só sai de lá para respirar ar puro de longe a longe, mas quando fica contente por receber a bênção da natureza, tem que voltar para a estufa. Pobre flor sem liberdade por ter tanto valor e olfacto para a novidade.

A minha estrela é uma pessoa, uma pessoa não… É uma musa! É a melhor do Mundo e sei que com ela posso sempre contar. Está longe e ao mesmo tempo tão perto, como se fosse o vento que me bate na cara a cada momento.

Todos os dias contemplo-a à distância e, quando as saudades apertam, meto-a no bolso e vou passear com ela, segredando-lhe aqui e acolá as notícias que se ouvem por aí e que a privam de ouvir. Por vezes, também sonho com ela, desejosa por lhe contar a vontade que tenho de nos metermos num avião e irmos até Paris as duas, reencontrar lá mais uma e terminar esta história com um abraço a três.

Eu tenho uma estrela que brilha no céu todas as noites e que vem poisar na beira da minha janela, desejando-me os melhores sonhos e dizer que me ama.

A minha estrela é ela, a minha melhor amiga, a melhor pessoa do Mundo.

 

 

Amo-te Afonsa. És a minha estrela.

                                                              Diana Machado

publicado por Afonsinetes às 19:57
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Ricky a 25 de Outubro de 2007 às 21:27
É mesmo fantástica não é? ='))
De mímica a 25 de Outubro de 2007 às 22:14
As amigas são como as estrelas: nem sempre as podes ver, mas estão sempre no mesmo sítio.
Sim, Ricky! Ela é fantástica! lol
De Ana S a 31 de Outubro de 2007 às 12:29
É sempre bom ter uma estrela para nos guiar nos momentos sombrios :)
Beijos
De afonsinas a 10 de Dezembro de 2007 às 16:39
olaaaaaaaaaaa amor da minha vida!
gostaria de te perguntar uma coisa kem e a afonsa????? eu pensava qu'era eu o amor da tua vida!!!!!!!!!!!!!!!! ai malandra vais ter ke te explicar ate logo beijos da quela pessoa pekenine minuscula mas ke te ama mais ke tudo no mundo e arredores!
i love you kiss

Comentar post

=
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

=

=

=< Consider me a satelite fo...

=< Libera-me

=< Hoje...

=< Complicações derivadas da...

=< Plenitude

=< Purgatório de passagem

=< A minha estrela

=< "Qualquer coisa, porque à...

=< Momentos, tempo e outras ...

=< "Duas Cabeças Pensam Melh...

=

=< Maio 2008

=< Fevereiro 2008

=< Janeiro 2008

=< Novembro 2007

=< Outubro 2007

=< Setembro 2007

=< Agosto 2007

=< Julho 2007

=< Junho 2007

=< Maio 2007

=< Abril 2007

=< Março 2007

=< Fevereiro 2007

=< Janeiro 2007

=< Dezembro 2006

=< Outubro 2006

=< Setembro 2006

=< Agosto 2006

=< Julho 2006

=< Junho 2006

=

=< todas as tags

=

=

=< participe neste blog

Visitas:

blogs SAPO

=