Domingo, 26 de Agosto de 2007

"Duas Cabeças Pensam Melhor do Que Uma"

Cada dia é igual a qualquer outro neste recinto fechado que me prende para me libertar da reduzida e ínfima parte de diálogo familiar a que tenho direito.

Não importa o que penso, ou até mesmo como me sinto, como se estas duas coisas fizessem parte doutro planeta, doutra cultura, é utópico se disser que fazem sentido aqui.

E a única coisa que faria sentido numa vida assim, seria um dia diferente, e sei que ao teu lado nenhum dia seria igual.

Revolucionar é saudável, e por vezes, mesmo que não haja razão para tal, continua a o ser.

Amanha vai ser uma cópia de hoje, sentirei de novo a tua falta e saberei que enquanto não esperar nada da vida, nada vai trazer uma normalidade ao normal…

No momento em que respiro, penso “estou viva”, justamente e apenas os actos da inspiração e expiração me garantem tal facto. Pensar vezes sem conta num futuro idealizado e promissor garante a ansiedade de um amanhã longe que para que tal prémio seja concebido terei eu de sobreviver tantos outros amanhãs infames nesta ingloriosa caminhada.

Oh Deus, porque serei eu merecedora de tão baixa realidade? Porque serei eu merecedora de tão pouca liberdade? Porquê eu?!

 

 

Porquê? Respondo-te porquê! Porque transpiras beleza, porque resplandeces numa noite de verão, quente, seca e iluminada pela lua! Porque és tão bela que a vida rói-se de ciúmes de ti! E então prende-te, qual bruxa apavorada prende a linda princesa!

Mas tu és grande! Não tardas a soltar-te! Não tardam a fazer justiça contigo! Para breve está a tua estreia! Para breve está a altura em que o mundo te vai poder beber e respirar o quanto quiser!

Não aflijas nestes dias mais obscuros da tua vida, pois como alguém já me disse: “É das nuvens mais escuras que cai a chuva mais límpida”. Aproveita tudo o que a vida deixar escapar para ti! Suga toda a felicidade e toda a alegria do tutano deste mundo infame! Que aí sim serás recompensada, pois só quem passa pelas provas mais difíceis, alcança os seus sonhos mais profundos e idealizados!

Não desesperes, dá-me a mão, mesmo que seja de brincadeira, como os putos, e vem por esse mundo fora, imagina-te nos melhores sítios e depois transporta o que de melhor esses sítios têm para este local triste e envolto nas trevas.

Pinta o teu mundo da cor que pretendes. E ele acabará por se tornar dessa cor! A mudança começa na nossa mente!

sinto-me: 907 dias
publicado por Afonsinetes às 23:00
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Ricky a 26 de Agosto de 2007 às 23:13
Epa que texto tão fixe =P Especialmente a primeira parte! Agora a segunda tá muito má!! Vê-se mesmo que não foste tu que escreveste! Boals pá! Que raiva, gajo aí ca mania que escrevem já te estragaram um texto!

Bom, para a próxima não deixes rapariga!

Beijocas =P **
De mímica a 1 de Setembro de 2007 às 14:41
Concordo com o Ricky. xD
De Insolente a 6 de Setembro de 2007 às 09:52
Daqui chega publicidade. O Prazer da Insolência regressa em força ao activo, passa por lá. Ora então um grande bem haja

Comentar post

=
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

=

=

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

=

=< Consider me a satelite fo...

=< Libera-me

=< Hoje...

=< Complicações derivadas da...

=< Plenitude

=< Purgatório de passagem

=< A minha estrela

=< "Qualquer coisa, porque à...

=< Momentos, tempo e outras ...

=< "Duas Cabeças Pensam Melh...

=

=< Maio 2008

=< Fevereiro 2008

=< Janeiro 2008

=< Novembro 2007

=< Outubro 2007

=< Setembro 2007

=< Agosto 2007

=< Julho 2007

=< Junho 2007

=< Maio 2007

=< Abril 2007

=< Março 2007

=< Fevereiro 2007

=< Janeiro 2007

=< Dezembro 2006

=< Outubro 2006

=< Setembro 2006

=< Agosto 2006

=< Julho 2006

=< Junho 2006

=

=< todas as tags

=

=

=< participe neste blog

Visitas:

blogs SAPO

=