Segunda-feira, 2 de Julho de 2007

Um pequeno desabafo

A vida é uma coisa maravilhosa até ao dia em que nos apercebemos dum buraco bem fundo, negro e podre, até ao dia em que a realidade já não é uma felicidade aos nossos olhos, até ao dia em que preferimos desaparecer e falecermos na total solidão.
Censurem-me que fazem bem! Continuem a depositar ódio em mim que eu sou uma embalagem reciclável, sou de plástico e nem sequer penso.
Digam isto e aquilo, digam-me nos olhos que sou o vosso maior desgosto, afinal já o fizeram uma vez, não faria mal lembrarem-me outra vez pois não?! Ou será que fazia?!
Desde quando o materialismo é a total felicidade?! Tenho imensa pena de estar a ser educada tão artificialmente. Parem de me julgar, sou assim tão má?!
"Dei-te liberdade para uma coisa, que não me deram a mim nem aos dezoito anos...e tu?! Tu continuas maldisposta e insatisfeita, às vezes merecias certos pais..."
É por me ter guardado a sentimentos,  que me sinto entalada do passado, presente e do futuro idealizado, é por me ter feito cega muito tempo que me sinto entupida de tanto ódio, é por...
Lá por me darem o que quero, lá por me materializarem de todas as formas não implica que eu seja alguém sem ressentimentos, feliz e amável...mas para vocês sim...
Para vocês tudo tem de ser artificial, aliás, como sempre foi! Eu não posso chorar uma lágrima, não posso reclamar, não posso estar maldisposta que a única razão plausível é ser culpa vossa! O quê, estão com remorsos?! Têm a consciência pesada?!! What a shame !
Censurem enquanto não têm razões para isso, um dia vos darei!
Há quem tenha orgulho em mim, não morro pelo vosso orgulho nem nunca morrerei, o meu e bem grande para isso...
Sim, agora deixaram-me mal disposta, mas eu até estava de bem convosco...
"Sou uma embalagem reciclável, pronta para o que der e vier, mas sempre de sorriso na boca, não vão eles dizerem-me de novo que sou o maior desgosto."
 
publicado por Afonsinetes às 20:04
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De aquela_a_tal a 3 de Julho de 2007 às 12:20
És o maior desgosto? Para mim és o meu maior orgulho. A forma que só tu tens de lidar com essas situações, a forma que tens de, ainda que estejas com tantos problemas, consegues sempre ajudar o próximo. Oh como eu te amo.
És linda em todos os sentidos, és a maior amiga que uma pessoa pode ter, só tu vês as coisas como elas são. Quem não te dá valor como deveria que abra os olhos, porque tu...tu és perfeita amiga.
Podes chorar, berrar, sofrer, reclamar..tens todo o direito, não te podem impedir disso, já chega tudo o que passas, toda a tua falta de liberdade...até o oxigénio te deve faltar.
Queria ter a tua força, porque apesar de tudo continuas a ser sempre tu. E eu peço-te....nunca mudes.

Amo-te incondicionalmente!
De Ricky a 3 de Julho de 2007 às 20:31
Eu defino-me como volúvel... Acho que se fosse um objecto inanimado seria açúcar ou outra especiaria: dou uma certa cor às coisas, dou um sabor atrevido e especial ao momento...mas dissolvo-me nas coisas, nas pessoas, em tudo facilmente... E tudo o que para mim uma vez fez todo o sentido, perde-o de um minuto para o outro. E só coisas ou pessoas muito especiais é que conseguem com que este meu sabor perdure.

Ora, se assim o é, acabam-se aqui as dúvidas de tu seres uma pessoa especial, porque o és.
Foi um modo algo egocentrista de te fazer ver que és muito especial, mas já tentei de mais formas e não resultou. Pode ser que assim o entendas.

Quem te diz que és um desgosto é porque não sabe o que isso é de todo! Se tu és um desgosto no mundo dessas pessoas, então as felicidades e os orgulhos são inexistentes, já que já os definiram como desgostos.

Fiz-me entender? =P

Beijão =) ***

Comentar post

=
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

=

=

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

=

=< Consider me a satelite fo...

=< Libera-me

=< Hoje...

=< Complicações derivadas da...

=< Plenitude

=< Purgatório de passagem

=< A minha estrela

=< "Qualquer coisa, porque à...

=< Momentos, tempo e outras ...

=< "Duas Cabeças Pensam Melh...

=

=< Maio 2008

=< Fevereiro 2008

=< Janeiro 2008

=< Novembro 2007

=< Outubro 2007

=< Setembro 2007

=< Agosto 2007

=< Julho 2007

=< Junho 2007

=< Maio 2007

=< Abril 2007

=< Março 2007

=< Fevereiro 2007

=< Janeiro 2007

=< Dezembro 2006

=< Outubro 2006

=< Setembro 2006

=< Agosto 2006

=< Julho 2006

=< Junho 2006

=

=< todas as tags

=

=

=< participe neste blog

Visitas:

blogs SAPO

=