Terça-feira, 3 de Abril de 2007

--------------**

Acordei com a sensação que iria ter um dia agradável, daqueles dias que não tenho há tanto tempo, que até a memória já os apagou, mas desiludi-me…

A audácia da esperança faz-me acordar assim, sempre com vontade de viver mais um dia, de respirar, de falar, de pensar, de escrever, mas bastaram-me alguns minutos para perceber que este dia era só mais um desta fase.

Quando me apercebi, as minhas pálpebras descaíram, o meu olhar ficou nublado, e o meu sorriso desvaneceu-se.

Liguei o computador, como faço todos os dias, lá escrevi no endereço do explorador da Internet – www.otherplaceofmind.blogs.sapo.pt, e fui ver a contagem de comentários, esta permanecia exactamente igual à de ontem, e então expiro e com esse expiro partículas de desilusão partem para o exterior, são livres! Pelo menos parecem ter mais sorte que eu, são livres…ainda soa na minha cabeça…

De seguida, vou ver quem está no Messenger para me aturar, com estes desabafos e suspiros do dia, com esta pessoa irreconhecível que se apoderou de mim, e lá vejo grandes amizades, abro as respectivas janelas e abordo-lhes com um – olá, tudo bem?, quando se dirigem para me perguntarem se eu estou bem, respondo-lhes que sim, mas eles sabem a resposta, e eu também, penso que se fizer um esforço para julgar que estou bem, fico bem mesmo!

Eu posso não ser a única coisa boa no dia deles, mas eles são a minha, posso até nem ser uma coisa boa, mas eles aceitam-me sempre, tal e qual eu estou, tal e qual me sinto, e é uma das poucas coisas agradáveis no meu dia.

Pratico estratégias para melhorar o dia, como ouvir música, ler, escrever no blogue, mas estas quatro paredes são insuportáveis, este ecrã que me separa deles é insuportável, tudo é insuportável, chego a ser insuportável para mim mesma.

Interiorizo bem as letras sossegadoras das músicas agradáveis que me acompanham o dia, pensando um dia na possibilidade de ser livre, de sair, de socializar…

A televisão também é uma amiga fiel e companheira, mas nem sempre agradável…

Em quatro paredes, fechada, só penso na possibilidade de desaparecer, de acabar com o outro problema aterrorizador, a saudade, de dormir muito e acordar num dia que me pareça agradável mas que o seja na verdade!

 Posso gritar? Apetece-me fazê-lo bem alto pedindo para desaparecer!

Afonsinetes

 

 

sinto-me: de pálpebras caídas
música: Sliver-Nirvana
publicado por Afonsinetes às 16:03
link do post | comentar | favorito
|
24 comentários:
De ritinha a 3 de Abril de 2007 às 16:25
em dias desses e fases dessa pensa na pessoas k te adoram e k n es a unica a passar por isso!sabes k ha kem te adore(eu sou suspeita) e kem te ache uma pessoa especial assim como tu es. nunca queiras mudar ou ser como outras pessoas, aquelas pessoas vulgares k tu dizes k eu n sou. por td akilo k tu es eu adoro-te e axo-te mto mto especial e orgulha-te dixo!beijinhos
De aquela_a_tal a 3 de Abril de 2007 às 19:40
Pelo menos para mim, que julgo ser uma dessas amizades que encontras sempre no messenger, não me incomodas de modo algum, muito pelo contrário, és das coisas boas na minha vida, porque pessoas como tu são dificeis de encontrar.
Entendo muito bem tudo o que estas a passar, mas nao sei o que fazer para te ajudar, infelizmente. Se estivesse no teu lugar provavelmente daria em doida, mas nao é provavelmente, é certamente.
Es a pessoa mais querida e amiga que conheço e que conheci até hoje. Tenh pena de não seres tao feliz como tanto desejas, mas esses dias não estao longe. Pensa que é apenas uma fase, que daqui a algum tempo o sol vai estar sempre lá em cima, a brilhar com todo o seu esplendor, e os dias nunca mais vao ser tristes.
Como me costumas dizer: a tua felicidade tornou-se num objectivo para mim.
Amo-te incondicionalmente e eternamente...melhor amiga do mundo.
De Afonsinetes a 6 de Abril de 2007 às 12:39
Sunrise...Lol, As tuas palavras tocaram-me, e quando chegaste a parte- Tenho pena de não seres tao feliz como tanto desejas, deu-me assim um arrepio, mas eu sou feliz, olha para esta amizade linda, ainda queres mais sua tonta? Disse isto para mim mesma, apesar de tudo que sabes pasar-se comigo, no dia seguinte só me deu pa rir, rir de mim, de tudo, ouvir nirvana ate esgotar e passei um dia bom, as vezes se pensarmos que estamos mesmo bem, consegue-se concretizar me parte...AMO-TE INCODICIONALMENTE, E A TUA FELICIDADE CONTINUARÁ NUM OBJECTIVO PARA MIM!
De cindamoledo a 3 de Abril de 2007 às 19:56
Obrigada por ter visitado o meu blog. Um . Mas sabe o que lhe digo, viva um dia de cada vez, é o que eu faço. A vida é boa...nós por vezes é que não sabemos tirar partido dela . E se quiser ter com quem falar comente no meu blog que eu comento no seu. Seja muito feliz uma para si e que o brilhe sempre na sua vida. Quando puder visite Valença, é uma vila muito bonita, faz bem sair de casa, é mesmo no norte de Portugal. Adeus até breve.
De Afonsinetes a 6 de Abril de 2007 às 12:40
Muito obrigada pelo conselho, e pelo comentário, Beijinhos!
De aquimetem a 3 de Abril de 2007 às 20:40
Muito obrigado pela visita de vez em quando também passo por aqui. Mas não grito...A vida compõem-se de bons e maus desejos para uma boa e Santa Páscoa nada como cuidar dos bons e outros dar cabo deles...Fazê-los desaparacer. Santa Páscoa.
De Afonsinetes a 6 de Abril de 2007 às 12:41
Está bem, NAO GRITES, loool bjos e uma santa páscoa para ti também!
De TiBéu ( Isa) a 3 de Abril de 2007 às 23:17
hehehehehehehehehehe ririri rir rir rir riri ih ihih ih vá ri mais não estejas triste, será que tenho que te oferecer um palito para levantares essas palparas hehe he he he pois é aqui estou eu pronta para falar contigo e fazer de ti uma menina alegre bem disposta e tudo mais vá ri ri mais se conseguires.
Muitos beijos risonhos he he he pensas que todos nós NÃO TEMOS PROBLEMAS !!!!! TODOS TEMOS MAS TEMOS QUE RIR PARA OS SUPERAR. HEHE HE HEHE
De Afonsinetes a 6 de Abril de 2007 às 12:42
Contigo, minha amiga, ja falei deste maravilhoso comentário, só deu para rir mesmo! Conseguiste! =D
De Maria a 3 de Abril de 2007 às 23:59
Olá nina.
Obrigado pela visita ao meu blog.
Há dias em que nos sentimos assim caidas,com olhos a sobrar em nós. Espero que sorrias quando leres.
Beijinhos e um sorriso de alma :))
Maria
De Afonsinetes a 6 de Abril de 2007 às 12:45
Sorri, porque todos os comentários, são lidos com um sorriso, porque eu venero os comentários! Beijinhos
De pdivulg a 4 de Abril de 2007 às 08:38
Sabes que apesar de não haver comentários não quer dizer que ninguém tenha lido, que ninguém partilhe as tuas opiniões...
De pdivulg a 4 de Abril de 2007 às 08:41
já agora uma dica, eu sou um tanto nabo nestas coisas, mas podias me dizer qual é o código que utilizas para pôr música no blog?... Podes enviar-me a resposta para o meu EMail pdivulg@sapo.pt Muito obrigado ;-)
De Afonsinetes a 6 de Abril de 2007 às 12:46
Sempre que precisares, e eu souber, basta perguntar =D!
De guiga a 4 de Abril de 2007 às 09:39
Pensa comigo, os teus problemas são assim tão sérios para que não possas sorrir e agradecer um dia após o outro?
Pensa comigo, não achas que és livre o suficiente para poderes ouvir música, entrar no messenger, ter o teu próprio blog?

É esta vida e esta liberdade tão má para ti??

Então, pensa em quem não tem, não pode e nunca terá nada disso!

Boa Páscoa!
Beijos*.*
De Afonsinetes a 6 de Abril de 2007 às 12:49
É verdade que eles não me impedem de sorrir, mas de agradecer um dia após outro so se for a rir, com ironia, porque os meus dias não me dão para rir...ou melhor, SIM com ironia...BJOS adorei o comentario
De Ana S a 4 de Abril de 2007 às 14:48
Olá! Há dias assim em que tudo parece correr mal mas é preciso ter esperança que um dia tudo mude.
Às vezes tambem apetece-me dormir muito e só acordar quando tudo estiver bem mas não pode ser...bela adormecida só há uma e não dá para correr o risco de esperar 100 anos pelo beijo de um principe lol
Desejo-te uma Páscoa feliz com tudo de bom.
Beijinhos
De Afonsinetes a 6 de Abril de 2007 às 12:50
Até que nem era mau! LOOL
De Maria Papoila a 4 de Abril de 2007 às 18:54
Olá Obrigada pela tua visita!
O teu blog está lindo! Grita quando quiseres ...mas não desapareças!
Passo para te desejar uma Feliz Páscoa
“Cotovia canta-me as tuas canções
no nascente azul de voo erguido
ao encontro do Sol… recém-nascido
que na rósea alvorada ao céu levantas
nos frémitos da luz… feliz… incauta!”

Beijos!
De Afonsinetes a 6 de Abril de 2007 às 12:51
Lool, eu prometo que não desapareço! Lool beijinhos

Comentar post

=
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

=

=

=< Consider me a satelite fo...

=< Libera-me

=< Hoje...

=< Complicações derivadas da...

=< Plenitude

=< Purgatório de passagem

=< A minha estrela

=< "Qualquer coisa, porque à...

=< Momentos, tempo e outras ...

=< "Duas Cabeças Pensam Melh...

=

=< Maio 2008

=< Fevereiro 2008

=< Janeiro 2008

=< Novembro 2007

=< Outubro 2007

=< Setembro 2007

=< Agosto 2007

=< Julho 2007

=< Junho 2007

=< Maio 2007

=< Abril 2007

=< Março 2007

=< Fevereiro 2007

=< Janeiro 2007

=< Dezembro 2006

=< Outubro 2006

=< Setembro 2006

=< Agosto 2006

=< Julho 2006

=< Junho 2006

=

=< todas as tags

=

=

=< participe neste blog

Visitas:

blogs SAPO

=